Blog

14. ago, 2015

Em física, o empuxo é uma força de reação descrita quantitativamente pelas segunda e terceira leis de Newton. Quando um sistema expele ou acelera massa em uma direção, a massa acelerada vai causar uma força de igual magnitude mas em sentido oposto.

Pássaros normalmente conseguem empuxo durante o voo batendo suas asas.

Em engenharia mecânica, a força aplicada a uma superfície em uma direção perpendicular a essa superfície, é chamada empuxo.

 

 

Exemplos[editar | editar código-fonte]

 
Forças num aerofólio em voo.

Em termos aerodinâmicos, um avião gera empuxo para a frente quando o ar é empurrado na direção oposta ao voo. Isso pode ser feito de várias maneiras, incluindo as lâminas móveis de uma hélice, ou uma turbina, empurrando o ar na parte traseira de um motor a jato, ou expelindo gases quentes de um motor de foguete.

Um foguete é impulsionado adiante por uma força de empuxo igual em magnitude , mas oposta no sentido, a taxa de tempo de momento dos gases de exaustão acelerados da câmara de combustão para o bocal. Esta é a velocidade de exaustão em relação ao foguete, vezes a taxa de tempo em que a massa é expelida, ou em termos matemáticos:

 onde:

  • T é o empuxo gerado (força)
  •  é a taxa de massa em relação ao tempo (taxa de fluxo de massa na exaustão);
  • v é a velocidade dos gases de exaustão medida em relação ao foguete.

Para o lançamento vertical de um foguete, o empuxo inicial precisa ser maior que o peso.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.